Como lembramos do passado

Neurocientistas descobrem um circuito cerebral dedicado a recuperar memórias.

0
369

Quando temos uma nova experiência, a memória desse evento é armazenada em um circuito neural que conecta várias partes do hipocampo e outras estruturas cerebrais. Cada conjunto de neurônios pode armazenar diferentes aspectos da memória, como o local onde o evento ocorreu ou as emoções associadas a ele.

Os neurocientistas que estudam a memória acreditam há muito tempo que ao recordamos essas memórias, nossos cérebros ativam o mesmo circuito do hipocampo que foi ativado quando a memória foi originalmente formada. No entanto, neurocientistas do MIT agora mostraram, pela primeira vez, que lembrar uma memória requer um circuito de “desvio” que se ramifica do circuito de memória original.

“Este estudo aborda uma das questões mais fundamentais na pesquisa do cérebro – a saber, como as memórias episódicas são formadas e recuperadas – e fornece evidências de uma resposta inesperada: circuitos diferenciais para recuperação e formação”, diz Susumu Tonegawa, professor de Biologia e Neurociência e Diretor do Center for Neural Circuit Genetics at the Picower Institute for Learning and Memory (RIKEN-MIT), instituição que patrocinou o estudo.

Leia a notícia completa em:

http://news.mit.edu/2017/neuroscientists-discover-brain-circuit-retrieving-memories-0817

Compartilhar

Hélio Teixeira – Cientista-chefe do Centro de Estudos e Pesquisa em Ciência de Dados e Inteligência Artificial do IHT – é um estudioso da aprendizagem e da criatividade humanas como processos segundo ele “participativos e sociotecnicamente distribuídos.” Sua pesquisa busca entender o que ele chama de “estruturas sociotécnicas de pertencimento necessárias à emergência da aprendizagem e da criatividade nos grupos humanos, concebidos como sistemas complexos.” Ele adota uma abordagem transdisciplinar, articulando saberes da ciência da complexidade, ciências da aprendizagem, psicologia social, design participativo, inteligência artificial e psicologia cognitiva. Cientista de dados especializado em modelagem de dados e inteligência artificial algorítmica. Apaixonado por Modelagem Baseada em Agentes, com predileção pelos ambientes Mesa/Python e NetLogo, e pelo desenvolvimento de algoritmos de inteligência artificial. É fundador do Instituto Hélio Teixeira (IHT), do ColaboraLab e do Programa Letramento Tecnológico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here